Novas fórmulas de XP para D&D 5E

Nova fórmula de cálculo de XP em teste para D&D 5E: É o futuro?

Publicado por

Cansou da fórmula de XP padrão adotada na 5ª Edição de D&D? Esta fórmula pode te ajudar!

Há algum tempo atrás (precisamente em Agosto/2017), a Wizards of the Coast disponibilizou uma Unearthed Arcana (programa de playtest oficial de D&D). Esta Unearthed Arcana (ou UA) apresentou um novo método de cálculo de XP, o Three Pilar Experience (ou Experiência em Três Pilares).
E é sobre esse método de XP que falaremos no artigo de hoje!

Mas antes, você já conferiu nossa página de promoções? Apenas lá você encontrará as principais promoções de RPG do Brasil – como por exemplo, a edição nacional do Tome of Beasts por R$ 150! São 400 novos monstros para D&D 5ª edição!

O Método dos Três Pilares de XP

Esse método consiste em bonificar os jogadores pelos desafios de exploração e interação, algo que as três fórmulas de pontos de experiência presentes oficialmente em D&D 5ª Edição não englobam. Mas ele é muito mais do que isso.

Como funciona?

O funcionamento desse método é simples: você sempre precisará de 100 pontos de experiência (ou XP) para passar de nível. Ou seja, não importa se você está no nível 2 ou 18, você sempre precisará exatamente de 100 XP para evoluir. Quando você alcançar 100 pontos de experiência ou mais, você recebe um nível e o valor de experiência atual diminui em 100 pontos (o que significa que os pontos de experiência que “sobraram” permanece. com seu personagem). Após isso, você precisa acumular mais 100 pontos de experiência para evoluir novamente.

Por conta do pequeno valor de XP para evoluir, houve uma reformulação na forma como a XP é distribuída. Portanto, esqueça a XP que os monstros concedem – ela não terá validade alguma aqui. Além do que, certamente a maior fonte de XP não será mais os monstros.
O mais importante de tal sistema é que todos os pilares (exploração, interação e combate) renderão pontos de experiência, mas não se preocupe: o sistema é mais simples do que se imagina.

Ganhando XP com Exploração

O pilar de exploração é contabilizado de duas formas diferentes: ao encontrar itens mágicos (ou grandes quantias de ouro) e encontrar novas localizações importantes.

Itens

Você ganha 10 XP sempre que encontrar um item equivalente ao seu estágio de jogo*, além de 10 XP extras para cada estágio do item que seja além do seu estágio atual. Se você encontrar um item abaixo do seu estágio de jogo, você não receberá XP.

*Estágio de Jogo: Para compreender o quão forte os personagens estão, os níveis são divididos em estágios de jogo. Ao todo, existem quatro estágios:

  • Níveis 1 a 4: Aventureiros Aprendizes;
  • Níveis 5 a 10: Aventureiros Experientes;
  • Níveis 11 a 16: Aventureiros Épicos;
  • Nível 17+: Aventureiros Heróicos (ou vis).

Vamos a um exemplo:

Prerigo, um ladino de 3º Nível, encontrou o item mágico manual do bom exercício, um item considerado Muito Raro. Por ser um item Muito Raro, ele é considerado um item de Estágio 2 na tabela abaixo, sendo que Prerigo é um personagem de 1º estágio. Portanto, Prerigo receberá 10 XP por ter encontrado um item e 10 XP adicionais pelo fato do item ser de um estágio além do seu.

Exploração Experiência em Três Pilares

Locais

Você recebe XP por encontrar locais importantes para a campanha. Novamente, você ganha 10 XP sempre que você encontrar um local equivalente ao seu estágio de jogo, além de 10 XP extras para cada estágio adicional ao qual o local pertence. Se você encontrar uma nova localidade cujo estágio esteja abaixo do seu estágio, você não receberá XP.

Exploração Experiência em Três Pilares

Ganhando XP com Interações Sociais

Você ganha pontos de experiência com Interações Sociais quando você transforma NPC em aliados, converte-os a sua causa ou os impedem de se transformar em asseclas de seus inimigos. A quantidade de XP recebida será baseada no poder e influência do NPC.

Você ganha 10 XP sempre que você se consolida com um NPC equivalente ao seu estágio de jogo, além de 5 XP adicionais para cada estágio do NPC que esteja além de seu próprio estágio. Se você consolidar-se com um NPC um estágio abaixo do seu estágio de jogo, você receberá apenas 5 XP, e não receberá XP para NPCs dois estágios abaixo de seu estágio ou maior.

Pilar de Interação Social Experiência em Três Pilares

Ganhando XP com Combates

De todos os três pilares de uma sessão, o pilar de combate é o mais simples. A tabela abaixo explica:

Regras Especiais

Existem algumas regras especiais que englobam os três pilares de XP. São eles:

  • Não há divisão de XP. Se um monstro ceder 10XP, todos os membros do grupo receberão 10XP.
  • No entanto, esse método não é satisfatório em um grupo acima de 6 membros. Nesses casos, é válido dividir a quantidade de XP cedida pela metade;
  • Se você deixar de englobar um dos pilares, aumente a quantidade de XP dos dois pilares restantes em 50%. Caso você você trabalhar com apenas um Pilar em sua sessão, triplique a quantidade de XP cedida.

Esse método é o futuro?

Claro, o sistema precisa ser refinado antes de sua versão final (aumentar um pouco a XP do pilar de Interpretação, por exemplo), mas ele poderá introduzir e modificar a forma que D&D é jogado atualmente, pelos seguintes motivos:

  • Um sistema multisistema: É muito simples de você adaptar esse método para outros sistemas, o que pode modificar a forma como a XP é trabalhada em outros RPG’s.
  • Evoluir mais rápido: Em cerca de 30 sessões, é plenamente possível que o grupo alcance o Nível 20, o que é uma mudança enorme para a forma que o jogo é jogado atualmente. Por exemplo, Rola o Dado, a campanha brasileira de mais sucesso na Twitch, hoje na 65ª Sessão, possui seus personagens no Nível 12.
    Na minha campanha com 25 sessões até agora, os personagens acabaram de chegar no 10º Nível. Muitas das campanhas não conseguem alcançar os níveis épicos porque a progressão é extremamente lenta a partir do 4º Nível.
  • Tamanho esse “relaxo” com os níveis épicos, existem apenas 67 criaturas no Monster Manual – Livro dos Monstros cuja ND seja acima de 11, – equivalente a apenas 17% das criaturas que se encontram no Manual dos Monstros – enquanto que existem 382 criaturas de ND 0 a 10.
    Ou seja, se esse sistema se tornar oficial, deverá haver uma grande mudança no jogo antes de sua instauração, como por exemplo: o valor de ND dos monstros, adaptação do próprio mestre que deve se adaptar a narrar aventuras épicas e a ampliação do nível máximo de 20 para 30 ou até mais.
  • Um sistema simples: O sistema é tão simples que o próprio jogador pode distribuir seus Pontos de Experiência, delegando o trabalho do Mestre para os jogadores.
  • Manutenção dos Pontos de Experiência: Para mim, os Pontos de Experiência são importantes para bonificar bons jogadores com XP extra e punir o jogador que cometer metagame – algo que não é possível na distribuição de XP por Marcos da Campanha ou XP por Dias de Aventura.

Gostou deste novo modelo de XP? Pretende usá-lo? Deixe sua opinião nos comentários!

E se você gostou, não se esqueça de nos acompanhar em nossas mídias sociais!
Você pode nos acompanhar no Facebook, no Instagram ou no Twitter. Caso você prefira vídeos, você pode nos seguir na Twitch ou no Youtube!

Até a próxima!

Aventura Sundered Waves

Paizo anuncia linha de aventuras one-shot para Pathfinder 2ª Edição e Starfinder!

A Paizo anunciou uma nova linha de produtos para Pathfinder e Starfinder: aventuras One-Shot. A primeira delas, Sundered Waves, está disponível!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s