Percepção Passiva D&D 5ª Edição

D&D 5E: Entenda a Percepção Passiva!

Publicado por

Afinal, como essa mecânica tão importante funciona?

Muitos jogadores e mestres ainda possuem dificuldade em entender a Percepção Passiva de D&D 5ª Edição. E isso não nos surpreende, já que a Percepção Passiva é algo novo em D&D, e ele envolve alguma mecânicas um pouco difíceis de se entender. Mas nada tema, caro amigo: iremos te explicar como essa mecânica funciona!

Esse cara provavelmente possui um valor alto de Percepção Passiva!
Arte de Murat Gul, disponível no Artstation!

A Percepção Passiva

A Percepção Passiva é um valor passivo (duh -_-) que indica o quão bem o seu personagem consegue ouvir ou enxergar em situações em que seu personagem não está fazendo ações relacionadas a esses sentidos. Quando você está tentando procurar ou ouvir algo de forma ativa, você utilizará sua Percepção, que consiste em uma jogada de Sabedoria (Percepção). E, quando você realizar qualquer outra ação e é necessário saber o quão atento aos arredores o seu personagem está, você sempre utilizará sua Percepção Passiva.

O seu valor de Percepção Passiva é fixo e só será alterado em uma única ocasião listada no final da postagem. O valor é:

Percepção Passiva: 10 + bônus de proficiência (caso seja proficiente em Percepção) + modificador de Sabedoria

Um exemplo:

Erdan, um Alto Elfo Clérigo de 1º Nível, possui proficiência em Percepção (concedido pela raça) e possui o valor de Sabedoria de 16, garantindo um modificador de +3. Com isso, o valor de sua Percepção Passiva é:

Percepção Passiva = 10 + 2 (proficiência) + 3 (mod. de sabedoria) = Percepção Passiva 15

Proficiência

Você só adicionará seu bônus de Proficiência em sua Percepção Passiva caso você seja proficiente na perícia Percepção.

Percepção Passiva versus Furtividade

A sua Percepção Passiva é muito importante para determinar se você conseguiu perceber criaturas que tentaram se esconder no início de um combate. Quando uma criatura tenta se esconder (os monstros se escondendo dos personagens ou vice-versa), ela deverá rolar um Teste de Destreza (Furtividade), e o valor obtido é comparado com a Percepção Passiva.

Se a Percepção Passiva de um grupo de criaturas for maior que a Furtividade da criatura que tentou se esconder, as criaturas de Percepção Passiva superior ao teste de Furtividade estarão cientes da criatura escondida.

A Percepção Passiva também define quem está surpreso no início de um combate. Da mesma forma que explicado acima, as criaturas que estão tentando realizar a emboscada precisarão realizar um teste de Destreza (Furtividade), resistido pela Percepção Passiva das criaturas que serão emboscadas.

Se uma das criaturas emboscadas tiver ciência de, ao menos, um dos emboscadores, ela não estará surpresa, agindo normalmente em seu turno. É importante salientar que é possível que uma parte de seu grupo esteja surpresa no início de combate, enquanto outra parte, não.

Vantagem e Desvantagem

Uma mecânica que muitos narradores esquecem é que a Vantagem e Desvantagem também se aplicam na Percepção Passiva. Em casos onde você tem Vantagem na Percepção, sua Percepção Passiva aumenta em 5. Por outro lado, em casos onde você tem Desvantagem na Percepção, sua Percepção Passiva diminui em 5.

Exemplos:

O Clérigo Erdan mencionado anteriormente possui Percepção Passiva 15. Seu grupo decidiu entrar dentro de uma caverna totalmente escura. Embora ele possa confiar em sua visão por ser um Elfo, ele possui Desvantagem nos testes de Sabedoria (Percepção) quando relacionado a visão, por conta da iluminação. Nesse caso, sua Percepção Passiva diminuí em 5 pontos, fazendo com que sua Percepção Passiva caia de 15 para 10.

Um Druida que possui Percepção Passiva 15 decide se transformar em uma coruja, adquirindo as habilidades da criatura alada. Uma coruja possui Vantagem em testes de Percepção relacionados à visão. Portanto, quando o valor de Percepção Passiva for requisitado em casos onde a visão se aplica, a Percepção Passiva do Druida (que era 15) aumentará em 5 pontos, se tornando 20.

Entendeu como a mecânica funciona? Ainda possui dúvidas? Deixe sua opinião nos comentários!

E se você gostou, não se esqueça de nos acompanhar em nossas mídias sociais!
Você pode nos acompanhar no Facebook, no Instagram ou no Twitter. Caso você prefira vídeos, você pode nos seguir na Twitch ou no Youtube!

Até a próxima!

Primeiro livro D&D 2022

D&D: primeiro título de 2022 será lançado em janeiro!

The Wild Beyond the Witchlight acabara de ser lançado, mas a Wizards of the Coast já está pensando em 2022!

3 comentários

    1. Olá Allan, tudo bom? Mil perdões pela demora!
      A resposta é: nem um, nem outro!

      Isso porque a Percepção Passiva é um valor fixo, valor este definido pela fórmula explicada na publicação (10 + modificador de Sabedoria + proficiência, se você for proficiente em Percepção).

      Agora, caso esteja se referindo a Percepção Ativa (ou seja: você está ativamente procurando por algo ou alguém), a resposta é: depende!

      Normalmente, é o jogador quem faz testes para seu personagem. Entretanto, alguns mestres gostam de rolar a Percepção pelos jogadores para evitar o “efeito spoiler”. Se o jogador obtém um 20 na rolagem, por exemplo, e o narrador descreve o resultado como “não há nada nessa sala”, o jogador (e o grupo) não farão quaisquer outros testes no recinto – se houvesse algo, um resultado tão alto garantiria que tal coisa seria encontrada. Com o mestre rolando o dado escondido, esse efeito é suprimido. Mas isso varia de mestre para mestre.

      Um abraço!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s