Assassinar D&D 5E

Por dentro do Ladino em D&D 5E – Mecânicas de Ataque Furtivo e Assassinar

Publicado por

Uma dúvida recorrente nos grupos de D&D 5ª Edição é a respeito do Ataque Furtivo. Vamos entender essa mecânica de uma vez por todas?

De fato, essas perguntas – que já ocorriam na 3.5 – vieram ainda mais a tona com as novas mecânicas empregadas na quinta edição do RPG mais jogado do mundo. Para piorar, uma tradução não-oficial plantou uma dúvida na cabeça dos jogadores: afinal, a habilidade assassinar pode ser usada todo turno? Como ela, de fato, funciona?

As dúvidas para ambas as mecânicas serão sanadas neste artigo!

Ataque Furtivo D&D 5ª Edição
A mecânica de Ataque Furtivo e Assassinar é um pouco complicada, mas este artigo explica tudo!
Imagem animal de India-Lee Crews

Antes de entrar no âmbito das duas mecânicas, é importante entendermos o principal alicerce dessas duas mecânicas: a Furtividade.

A Perícia Furtividade

A perícia Furtividade (Destreza) é usada quando uma criatura tenta se esconder de seus inimigos, deseja não ser notada enquanto anda ou quando quer se aproximar ou se afastar de algo sem ser notado.

Um teste de Destreza (Furtividade) é resistido por um teste de Sabedoria (Percepção) quando o alvo está ativamente procurando por algo. Caso contrário, é utilizado o valor fixo de Percepção, chamado de Percepção Passiva. A Percepção Passiva ilustra a percepção geral de uma criatura em situações cotidianas, sem estar procurando alguém ou ouvindo algo relevante que atraia sua atenção. A fórmula para os testes de Furtividade e Percepção é simples:

Teste de Furtividade = 1D20 + Modificador de Destreza + Proficiência, caso você seja proficiente em Furtividade

Teste de Percepção = 1D20 + Modificador de Sabedoria + Proficiência, caso você seja proficiente em Percepção

Percepção Passiva = 10 + Modificador de Sabedoria + Proficiência, caso você seja proficiente em Percepção

O valor do seu teste de Furtividade continuará válido até o momento em que você deixar de se esconder, até que você seja descoberto ou assim que atacar. Você não poderá se esconder de uma criatura que esteja lhe vendo claramente e a realização de algum barulho poderá denunciar sua posição.

Por último, mas não menos importante, sempre que você atacar um alvo que não tem ciência de você, o ataque é realizado com Vantagem. Sempre que você atacar, você se revela para todos, necessitando realizar um novo teste de Furtividade para tentar esconder-se novamente. Você precisa gastar uma ação no próximo turno para se esconder novamente.

Vantagem: sempre que você possui Vantagem em um teste de atributo, jogada de ataque ou salvaguarda, você deverá jogar 2d20 (dois dados de vinte lados) ao realizar o teste, optando pelo maior valor.

O Ataque Furtivo

O Ataque Furtivo é uma mecânica exclusiva da classe Ladino, que visa realizar golpes mais contundentes quando o inimigo está distraído ou não está ciente de sua existência. Sempre que o Ataque Furtivo é possível de ser executado e você acerta seu ataque contra o alvo, você causa dano adicional de acordo com a Tabela O Ladino. A tabela de Ataque Furtivo, abaixo, mostra o dano extra que você causa quando você cumpre as exigências do Ataque Furtivo.

Tabela Ataque Furtivo D&D 5E
Você deverá rolar seus dados de dano normalmente, adicionando os dados de ataque furtivo de acordo com o seu nível

Ok, mas como realizo um Ataque Furtivo?

Existe um requisito que você precisa cumprir para estar elegível para realizar um Ataque Furtivo: você obrigatoriamente precisa usar uma arma que possua a característica acuidade ou seja uma arma à distância. As armas que cumprem este requisito são:

  • Armas Simples: Adaga, Bordão, Lança, Arco Curto, Besta Leve, Dardo ou Funda.
  • Armas Marciais: Cimitarra, Chicote, Espada Curta, Rapieira, Arco Longo, Besta de Mão, Besta Pesada, Zarabatana.

Importante: Armas arremessáveis que não possuem a propriedade Acuidade (como uma machadinha ou uma azagaia) não são elegíveis para o Ataque Furtivo.

Dito isso, você possui duas maneiras para acionar o Ataque Furtivo: cumprindo um dos requisitos, você pode utilizar o ataque furtivo ao causar dano. São elas:

  • Você precisa ter vantagem nas jogadas de ataque ou;
  • Se houver outro inimigo do seu alvo a até 1,5 metros dele. O inimigo do alvo não pode estar incapacitado e você não pode ter Desvantagem na sua rolagem de ataque.

Lembrete: você tem vantagem nos ataques contra os alvos que não estão cientes de sua posição, assim como explicado acima na Furtividade.

Note que o Ataque Furtivo só pode ser realizado uma vez por turno, independente de quantos ataques você possa realizar no seu turno. Todavia, o fato de poder utilizá-lo apenas uma única vez por turno possibilita que você realize mais de um Ataque Furtivo por rodada. Um exemplo é realizar um Ataque Furtivo em seu turno e realizar outro Ataque Furtivo em um Ataque de Oportunidade. Lembre-se que você deve cumprir todos os pré-requisitos de Ataque Furtivo explicados anteriormente.

Ação Ardilosa (Cunning Action)

No segundo nível de Ladino, você poderá utilizar a ação de Furtividade como uma Ação Bônus, em vez de utilizar uma Ação. Então, você pode esconder-se e atacar furtivamente em um mesmo turno de combate. Você também pode usar, como uma Ação Bônus, as ações de Correr (Dash) ou Desengajar (Desengage).

Arquétipo de Ladrão: Assassino e a habilidade Assassinar

No terceiro nível de Ladino, você pode escolher uma arquétipo para seu ladino, sendo esses o Assassino, o Ladrão e o Trapaceiro Arcano. O Assassino adiciona um gatilho adicional ao Ataque Furtivo e adiciona uma nova mecânica: o crítico automático. Iremos explicar certinho como funciona:

Texto da habilidade Assassinar

Você possuí vantagem nas jogadas de ataque contra qualquer criatura que ainda não tenha chegado no turno dela no combate. Ainda, qualquer ataque que você acertar contra uma criatura surpresa será um acerto crítico automático.

“Você possuí vantagem nas jogadas de ataque contra qualquer criatura que ainda não tenha chegado no turno dela no combate”.

Este é um gatilho adicional para a ativação do Ataque Furtivo. Você se recorda que qualquer ataque com vantagem gera o Ataque Furtivo, portanto que você acerte? Portanto que você aja antes de uma criatura no início do combate, você pode se utilizar do Ataque Furtivo sem se preocupar em se esconder. O exemplo no final do texto te ajudará a entender este trecho, caso você tenha ficado com dúvidas.

“Ainda, qualquer ataque que você acertar contra uma criatura surpresa será um acerto crítico automático”.

Este é um ponto importante: precisamos entender, primeiro, o que é considerada uma criatura surpresa antes de seguirmos ao exemplo final. É importante que você leia o texto abaixo para entender o que é a Surpresa e seus efeitos.

A surpresa é determinada antes do combate. Se ninguém está se esforçando em ser furtivo, a iniciativa é rolada e o combate inicia como um combate qualquer. Mas esse panorama muda quando alguém está tentando ser furtivo.

Se um dos lados está tentando engajar no combate estando furtivo, deve-se rolar um teste de Destreza (Furtividade) resistido pela Percepção Passiva do outro grupo presente no combate (você pode usar os mesmos valores de Furtividade já rolado, caso o Mestre permita). Se a Percepção Passiva de uma criatura for superior ao resultado do teste de Furtividade de, ao menos, uma criatura inimiga, ela está ciente da presença de ameaças e não está surpreso. Mas, se o valor de Percepção Passiva da criatura for inferior ao resultado do teste de Furtividade de todas as criaturas que estão tentando surpreendê-la, ela estará surpresa. E o que isso significa?

Um alvo surpreso não pode se mover, realizar ações, ações bônus ou reações até que o seu 1º turno termine (resumidamente, ele não pode fazer nada). Uma criatura deixa de estar surpresa assim que o turno dela se encerra. A surpresa só pode ocorrer no primeiro turno de combate. Dito isso, se o Ladino pertencente ao arquétipo Assassino atacar e acertar um alvo surpreso, o ataque será considerado um acerto crítico independente do valor do dado (claro, portanto que ele acerte).

Abaixo, há algumas observações importantes sobre Surpresa e a habilidade Assassinar:

  • É possível estar surpreso mesmo quando seus companheiros não estão. O mesmo vale para inimigos;
  • Se um inimigo estiver ciente de, pelo menos, uma ameaça, ele não está surpreso. Assim, maior estratégia é exigida de você e seu grupo para aplicar o efeito de Surpresa corretamente;
  • Mesmo quando um inimigo está surpreso, caso a iniciativa dele seja mais alta que a sua, ele deixará de estar surpreso antes de sua ação, impossibilitando o acerto crítico do Assassinar;
  • Diferente do Ataque Furtivo, o efeito crítico de Assassinar pode ser ativada inúmeras vezes durante o primeiro turno de combate. Saber gerenciar bem suas ações é importante para maximizar seu dano no 1º turno;
  • O acerto crítico também dobrará os dados do Ataque Furtivo;

Para finalizar, vamos pegar um exemplo para fixar as ideias apresentadas neste artigo. Vamos supor que um grupo de aventureiros esteja tentando surpreender um grupo de bugursos (bugbear) que está atacando uma vila. A iniciativa ocorreu da seguinte maneira:

INICIATIVA

  • Bugurso 1: 21 (Surpreso)
  • Ladino: 14
  • Bugurso 2: 10
  • Bugurso 3: 5 (Surpreso)

Turno do Bugurso 1: Ele não agirá por estar surpreso. Se o Ladino atacá-lo em seu turno, ele realizará o ataque com vantagem por estar furtivo, mas não aplicará o Acerto Crítico. Isso porque o Bugurso 1 deixou de estar surpreso quando encerrou seu turno.

Turno do Bugurso 2: Ele age normalmente. Se o Ladino atacá-lo em seu turno, ele atacará com vantagem por agir antes que o Bugurso 2, mas sem o Acerto Crítico porque a criatura não está surpresa;

Turno do Bugurso 3: Ele não agirá por estar surpreso. Se o Ladino atacá-lo em seu turno, ele atacará com vantagem por agir antes do Bugurso 3 e por estar furtivo. Se acertar, irá gerar um acerto crítico, pois o Bugurso 3 ainda estará surpreso quando a vez do Ladino chegar.

Você entendeu as mecânicas? Ainda está com dúvidas? Deixe sua opinião nos comentários!

E se você gostou, não se esqueça de nos acompanhar em nossas mídias sociais!
Você pode nos acompanhar no Facebook, no Instagram ou no Twitter. Caso você prefira vídeos, você pode nos seguir na Twitch ou no Youtube!

Até a próxima!

Primeiro livro D&D 2022

D&D: primeiro título de 2022 será lançado em janeiro!

The Wild Beyond the Witchlight acabara de ser lançado, mas a Wizards of the Coast já está pensando em 2022!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s