Conjurando mais de uma magia em D&D 5ª Edição

D&D 5E: Conjurando múltiplas magias em um turno!

Publicado por

Conjurar uma magia definitivamente não é um bicho de sete cabeças – e é isso que iremos demonstrar!

Algo fascinante no microuniverso do RPG é a forma como muitos aprendem esse jogo: por meio da tradição oral. Ou seja: alguém que já conhece o jogo o explica para uma pessoa que ainda não o conhece. Até algum tempo atrás, essa era a forma como muitas pessoas eram introduzidas em nosso hobby.

Entretanto, algo negativo que deriva dessa aprendizagem são os conhecimentos equivocados que são transmitidos para aqueles que estão aprendendo sobre os fundamentos do RPG. E se tratando de D&D 5ª Edição, um conhecimento errado que é repassado para a posterioridade certamente é a conjuração de múltiplas magias.
Mas nada tema, meu caro: nosso Blog vai explicar tudo o que você precisa saber sobre múltiplas conjurações!

Mas antes, você já conferiu nossa página de promoções? Apenas lá você encontrará as principais promoções de RPG do Brasil – como por exemplo, o recém-lançado livro-jogo O Porto do Perigo por R$ 18,00!

Em primeiro lugar, é muito importante deixar claro que não existe regras para múltiplas conjurações em D&D 5ª Edição. O que existe é, na verdade, uma restrição imposta no momento que você conjura uma magia usando sua ação bônus.

Vamos ver exatamente a regra diz, localizada na página 202 do Player’s Handbook – Livro do Jogador:

“Uma magia conjurada com uma ação bônus é especialmente rápida. Você deve usar uma ação bônus em seu turno para conjurá-la, pressupondo que você ainda não realizou uma ação bônus neste turno. Você não pode conjurar outra magia durante este turno, exceto se ela for um truque com tempo de conjuração de 1 ação.”

Portanto, note que a única regra que restringe a conjuração se aplica apenas quando você usar sua ação bônus para conjurar uma magia. Logo, se você não usou sua ação bônus para conjurar magias, você pode conjurar mais de uma magia que consuma espaços de magia em seu turno.

Conjurando múltiplas magias

Sendo assim, você pode conjurar diversas magias que consomem espaços de magia em seu turno. Vamos ver alguns exemplos:

  • Um mago conjurou a magia bola de fogo em seu turno, usando a sua ação. Ao notar que o conjurador inimigo iria usar contramagia, o mago usa sua reação para conjurar contramagia na contramagia inimiga. Ele conjurou duas magias neste turno, mas nenhuma delas usou sua ação bônus, logo, é um movimento permitido.
  • Um cavaleiro místico conjurou a magia raio ardente em seu turno, usando a sua ação. Ele então usa a característica Surto de Ação, recebendo uma nova ação. Com esta ação, ele conjura raio ardente novamente. Ele conjurou duas magias que consomem espaços de magia neste turno, mas nenhuma delas usou sua ação bônus, logo, é algo permitido.
  • Um feiticeiro com multiclasse de guerreiro conjurou a magia relâmpago em seu turno, usando a sua ação. Ele então usa a característica Surto de Ação do guerreiro, recebendo uma nova ação. Com esta ação, ele conjura relâmpago novamente. Ao notar que um de seus relâmpagos iria ser anulado por uma contramagia, ele consome a sua reação para conjurar uma contramagia na contramagia inimiga. Ele conjurou três magias neste turno, mas nenhuma delas usou sua ação bônus, logo, é algo permitido.

Os Truques

Outro grande conhecimento equivocado que é transmitido por aí tem relação com os truques. Para muitos, pelo fato dos truques não serem conjurados como uma magia (ou seja, consumindo espaços de magia), eles não se enquadram na regra de conjuração usando ação bônus, ignorando tudo o que foi explicado acima.

Ledo engano. A primeira coisa que as regras de conjuração dizem sobre truques é:

Truques são magias que podem ser conjuradas à vontade, sem utilizar um espaço de magia…”

Portanto, as regras acima também servem para truques: se você conjurar um truque usando sua ação bônus, você fica limitado a conjurar apenas um truque com duração de 1 ação pelo resto do seu turno, caso queira conjurar uma magia.

A metamagia Magia Rápida

Por fim, você pode estar se perguntando “mas e a metamagia Magia Rápida, que transforma uma magia com duração de 1 ação para 1 ação bônus, também se enquadra nessa regra”?

A resposta é sim, você deve continuar respeitando as regras de conjuração usando a ação bônus ao utilizar a metamagia Magia Rápida. Portanto, ao utilizá-la, você só poderá conjurar truques com duração de 1 ação até o final de seu turno, caso queira conjurar uma magia.

Se você está curioso para entender a utilidade de Magia Rápida, aqui estão algumas delas:

  • Conjurar dois truques em um mesmo turno (o que é particularmente interessante para uma multiclasse de Bruxo Hexblade baseada no truque raio místico).
  • Conjurar uma magia usando a ação bônus e realizar a ação Atacar (o que conjuradores combatentes realizam com certa frequência).
  • Conjurar uma magia usando a ação bônus e usar sua ação para correr ou desengajar.

Tópicos para se prestar atenção

Por fim, vale destacar alguns pontos para estar atento ao conjurar magias:

  • Se você conjurar uma magia com a sua ação bônus e conjurar qualquer coisa que não seja um truque com a sua ação, você está realizando algo inválido, independente da ordem como você faz isso. Note que a frase “você não pode conjurar outra magia durante este turno, exceto por um truque com uma regra de conjuração de 1 ação” não faz distinção do momento em que você conjura sua ação bônus;
  • Magias concedidas por habilidades ainda são magias. Um exemplo é característica legado infernal, do tiferino, que concede a magia repreensão diabólica ao alcançar o 3º nível. Se você conjurar uma magia que utilize sua ação bônus, você não pode utilizar a habilidade legado infernal para conjurar repreensão infernal em seu turno, visto que repreensão infernal é conjurada ao utilizar uma reação;
  • Note que a restrição para conjurar magias se encerra no final de seu turno. Dessa forma, você pode conjurar magias usando sua reação assim que seu turno acaba.

Por fim, note que a regra que limita as conjurações é propositalmente simples, então, não temos muito o que explicar. Basta não conjurar magias com a sua ação bônus e você poderá conjurar quantas magias quiser em seu turno, portanto que possua espaços de magia e tenha maneiras de conjurar múltiplas magias.

Uma boa maneira de ampliar a quantidade de magias que você pode conjurar em um único turno é com a característica Surto de Ação, disponível no 2º nível da classe guerreiro. Com ela, você recebe uma ação adicional – o que te permite conjurar duas bolas de fogo, dois relâmpagos ou quaisquer outras magias que precisam de uma ação para serem conjuradas.

Ainda ficou com alguma dúvida? Deixe sua questão nos comentários!

E se você gostou, não se esqueça de nos acompanhar em nossas mídias sociais!
Você pode nos acompanhar no Facebook, no Instagram ou no Twitter. Caso você prefira vídeos, você pode nos seguir na Twitch ou no Youtube!

Até a próxima!

Wizkids expande parceria com a Wizards of the Coast

Wizkids expande parceria com a Wizards of the Coast

Novas miniaturas para Dungeons & Dragons chegarão aos mercados em breve: a Wizkids expandiu sua parceria com a Wizards of the Coast!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s