Cenário de Ravnica D&D 5E

Conheça mais sobre Ravnica!

Publicado por

Conheça mais sobre este plano de Magic: The Gathering que se transformou em um cenário de campanha de D&D!

No dia 08 de Novembro de 2018, a Wizards of the Coast começou a vender o livro Guildmaster’s Guide to Ravnica, um cenário de campanha presente que é, na verdade, um dos planos de Magic: The Gathering. No entanto, muitos desconhecem Ravnica e muito menos sabem que Magic possuem seus próprios cenários.

Então venham conosco e conheçam o mais tecnológico plano de Magic!

Afinal, o que é Ravnica?

Como dissemos, Ravnica é um cenário de Magic. O cenário foi introduzido pela primeira vez na expansão Ravnica, Cidade das Guildas em 2006. O cenário só voltou a ter protagonismo em 2012, na expansão Retorno para Ravnica. E, após outros seis anos de hiato, ela volta para os holofotes na expansão Guildas de Ravnica, comercializada no final de 2018. Ravnica significa planície no idioma croato.

Para aqueles que já estão saturados da fantasia medieval de Forgotten Realms ou que estão querendo fazer uma aventura urbana, Ravnica é a sua melhor opção, já que Ravnica é uma ecumenópole.
Você deve estar se perguntando “tá, mas que diacho é uma ecumenópole que nem o corretor do Google reconhece?”

Uma ecumenópole é um conceito grego de cidade universal, ou seja, uma cidade tão grande a ponto de englobar o planeta inteiro! A cidade de Ravnica se tornou tão grande que seu nome passou a ser o nome do planeta. Outros exemplos que temos de ecumenópole no universo geek são Coruscant, a Cidade Galáctica de Star Wars e Apokolips, planeta governado por Darkside no universo da DC.

Ecumenopole
Essa imagem pode te ajudar a entender o conceito de ecumenópole: uma cidade que engloba o planeta inteiro!
Créditos: EA Games

Obviamente, formas de governo tradicionais não funcionariam em uma cidade tão grande. Por conta disso, existe um conselho de 10 guildas que comandam a cidade (e por isso o nome do livro é Guildmaster’s Guide to Ravnica, ou Guia do Mestre de Guildas de Ravnica em uma tradução livre), e é sobre elas que falaremos hoje!

As Guildas

Cada uma das dez guildas desempenham um papel importante na cidade. Como existem apenas 5 cores de Mana em Magic, cada Guilda é representa por uma combinação de duas cores de Mana. Por exemplo, a Legião Boros é representada pelas criaturas de Branca, Vermelha e ambas (chamadas de cartas multicoloridas).
Falaremos brevemente sobre as Guildas abaixo:

Legião Boros

A Legião Boros é uma guilda militar que acredita que Ravnica deveria ser um lugar pacífico para todos, com um senso aguçado de justiça. Isso não significa que eles lutem pela lei. Eles utilizam uma grande força combinada para lidar com os problemas antes que se tornem ameaças. Goblins, centauros, minotauros e principalmente arcanjos fazem parte de suas linhas de combate.
Mecanicamente, a guilda é representada pelas cores de mana Vermelha e Branca e sua líder é Aurélia, uma arcanja que prefere batalhar na linha de frente de um combate em vez de ser intocável como sua antecessora.

Aurélia, líder da Legião Boros, desenhada por Paul Canavan!
Clique na imagem para ir ao site do artista

Conclave Selesnya

O Conclave Selesnya acredita ser a voz de uma consciência misteriosa que, para eles, é a manifestação da própria natureza. Eles se expandem evangelizando a mensagem e adicionando novos membros, mas não pense que eles são apenas “paz e amor”. Seus adoradores/soldados são Vormes, Centauros, Lobos e principalmente, Feras.
Mecanicamente, a guilda é representada pelas cores de mana Verde e Branca e sua líder é Trostani, cujo principais princípios são a coletividade e a criação de uma sociedade igualitária.

Trostani, líder do Conclave Selesnya!
Arte disponível no site MTG Vortex!

Golgari

A guilda Golgari (também chamado de Enxame Golgari) age nos esgotos e no submundo de Ravnica. Eles se utilizam de sua engenhosidade para animar criaturas e controlá-las para manter o ciclo da vida – em benefício próprio, claro. Mortos vivos, insetos, plantas, aberrações e até mesmo fungos (que recolhem informações dos arredores) fazem parte dos lacaios Golgari.
Mecanicamente, a guilda é representada pelas cores de mana Verde e Preta e seu líder é Jarad, um Lich. Seu desejo é conquistar mais lacaios e convertê-los em fazendeiros de podridão.

Jarad, o Lich. Ele muito provavelmente será substituído por Vraska na nova história.
Arte disponível no site MTG Vortex!

Casa Dimir

A Casa Dimir é o lar de muitos ladinos, agentes e assassinos. São excelentes “obtentores de informações”, seja coletando-as dos mortos por meio de magia, interrogando por meio de tortura, roubando pensamentos ou se disfarçando usando a identidade de outras pessoas. Eles operam em diversas células secretas, se assemelhando ao Culto do Dragão de Forgotten Realms.
Mecanicamente, a guilda é representada pelas cores de mana Azul e Preta e seu líder é Lazav, um metamorfo. Ele utiliza de sua raça para colocar agentes ocultos em todas as demais guildas, adquirindo informações em sigilo e criando tramas dentro das guildas. E claro, ele não se faz acessível aos novatos da guilda, utilizando seus Necrosábios para emitir comandos.

Lazav. líder da Casa Dimir
Arte encontrada no site MTG Vortex

Sindicato Orzhov

O Sindicato Orzhov é uma guilda religiosa ambiciosa, escrava do dinheiro. Onde há moedas, há o dedo do Sindicato Orzhov: dízimos, recolhimento de impostos, corrupção, esmola, cartéis e por aí vai. Aqueles que ficam em débito com a guilda eventualmente pagam o preço especificado nas letras miúdas dos contratos assinados para com a guilda: a morte. Eles não fazem questão de esconder a sua riqueza, com prédios grandiosos e igrejas ostentantes. O Sindicato preza pela hierarquia até alcançar os seus líderes, que são imutáveis.
Mecanicamente, a guilda é representada pelas cores de mana Preta e branca e seu líder é Obzedat, um grande conselho que já está morto, mas que conseguiu reter sua consciência no mundo dos vivos. Seu único objetivo é aumentar a riqueza da guilda.

O Conselho Obzedat, líderes do Sindicato Orzhov!
Arte disponível no site MTG Vortex!

Gruul

Os Clãs Gruul possuem poder nos locais onde a lei, a ordem e a riqueza não os alcançam, como nos distritos abandonados e ocupados por rebeldes. Os clãs não gostam da rigidez e da frustração intrínseca das civilizações, sendo seus membros bons xamãs e caçadores. Centauros, Goblins, Ogros, Viashinos e criaturas colossais (como Hidras e Gigantes) pertencem a estes clãs.
Mecanicamente, a guilda é representada pelas cores de mana Vermelha e Verde e seu líder é o Borborigmo Enfurecido, um enorme e poderoso Ciclope, mas estúpido. Ele só se encontra no poder porque derrota seus opositores.

Borborigmo Enfurecido, o líder dos Gruul
Arte encontrada no site MTG Vortex!

Senado Azorius

O Senado Azorius estabelece as leis de Ravnica, lutando para trazer ordem à cidade. Eles servem como intermediários entre as leis do senado e os cidadãos. No entanto, há tantas leis em Ravnica que é humanamente impossível não descumprir uma lei. Cavaleiros, Dragonetes, Esfinges, Grifos e Rocas fazem parte das tropas Azorius.
Mecanicamente, a guilda é representada pelas cores de mana Azul e Branca e seu líder é Isperia, a Juíza Suprema, uma Esfinge. Ela gosta da privacidade e não aceitaria o cargo em circunstâncias normais, mas Ravnica precisa da ordem para a proteção de todos.

Isperia, a Juíza Suprema
Créditos: Wizards of the Coast

Culto Rakdos

O Culto Rakdos acredita que o futuro de Ravnica é a morte eminente, e por isso eles adoram a matança e buscam o prazer acima de qualquer coisa. Diabretes, Dragonetes, Demônios, Fanáticos e Mortos-Vivos fazem parte deste culto. A violência desenfreada e os gritos de dor são músicas para os ouvidos dos cultistas Rakdos. É possível afirmar que, das 10 guildas existentes, o Culto Rakdos é o que menos possui propósito.
Mecanicamente, a guilda é representada pelas cores de mana Preta e Vermelha e seu líder é Rakdos, um Demônio. Assim como sua guilda, ele encoraja a depravação e o entretenimento a qualquer custo.

O demônio Rakdos!
Arte de Yigit Koroglu!

Conluio Simic

Os membros do Conluio Simic buscam a harmonia com as forças naturais de Ravnica. A compreensão respeitosa e a mente aberta são as únicas maneiras de nos adaptarmos às ameaças urbanas crescentes. O Conluio Simic busca a evolução de forma tão incessante que eles passaram a hibridizar humanoides com animais, implantando as partes físicas dos animais neles. Tentáculos, carapaças, ganchos de caranguejo e cuspir ácido são apenas algumas das novas capacidades adquiridas pelos humanos hibridizados do Conluio Simic. Além disso, Animais Aquáticos, Raptors, Plantas Aquáticas e Tritões também fazem parte do Conluio Simic.

Mecanicamente, a guilda é representada pelas cores de mana Azul e Verde e sua líder é Zegana, uma Sereia que lidera os recém-descobertos Tritões. Seu objetivo é acelerar a evolução, proteger seu povo e preservar o que resta da parte selvagem de Ravnica.

Zegana, líder do Conluio Simic!
Arte de Will Murai. Clique na imagem para ser redirecionado ao site do artista!

Liga Izzet

A Liga Izzet une tecnologia à magia para encontrar maneiras de melhorar a vida. Os humanos são a grande força de evolução da Liga. Mas os resultados dos experimentos Izzet são mais imprevisíveis que o próprio clima, ocorrendo grandes desastres com frequência. Até mesmo as ruas podem ter espasmos nas tragédias protagonizadas pela Liga. Além dos humanos, Construtos, Dragões, Goblins e Criaturas Bizarras (não identificadas) fazem parte da Liga Izzet.
Mecanicamente, a guilda é representada pelas cores de mana Azul e Vermelha e seu líder é Niv-Mizzet, um Dragão que tem como objetivo aumentar seu conhecimento supremo. Para isso, ele pessoalmente dirige todo e qualquer experimento da guilda.

Niv-Mizzet, da Liga Izzet. Segundo a nova lore, ele provavelmente foi substituído pelo planeswalker Ral!
Arte de Svetlin Velinov. Clique na imagem para acessá-la em maior resolução!

Embora cada guilda desempenhe uma função diferente dentro da cidade, isso não significa que não há brigas entre elas. A Legião de Boros e o Senado Azorius possuem uma grande rixa por conta de seus modus operanti e visão de mundo, por exemplo. Para a Legião, não há justiça se não há punição, discurso que não é comprado pelo Senado, que pauta suas decisões de acordo com a lei.
No entanto, é importante frisar que não há distritos ou locais da cidade que pertencem a determinada guilda com exceção de sua base de operações. Então qualquer munícipe, independente da guilda, pode transitar em qualquer lugar da cidade.

Nós iremos explicar mais profundamente sobre as Guildas nas nossas próximas postagens sobre Ravnica. Além disso, contaremos um pouco sobre as novels de Ravnica para que você fique ciente de toda a história que engloba esse cenário!

Conteúdos presentes em Ravnica

Alguns conteúdos que estiveram presentes nas colunas Unearthed Arcana em 2018 ano estarão presentes em Guildmaster’s Guide to Ravnica. São eles:

Centauros e Minotauros;
Raças de Ravnica;
• Arquétipo Círculo dos Esporos, do Druida;
• Arquétipo Clérigo da Ordem.

Gostou de Ravnica? Deseja que postemos mais informações sobre o plano em nosso portal? Deixe sua opinião nos comentários!

E se você gostou, não se esqueça de nos acompanhar em nossas mídias sociais!
Você pode nos acompanhar no Facebook, no Instagram ou no Twitter. Caso você prefira vídeos, você pode nos seguir na Twitch ou no Youtube!

Até a próxima!

Primeiro livro D&D 2022

D&D: primeiro título de 2022 será lançado em janeiro!

The Wild Beyond the Witchlight acabara de ser lançado, mas a Wizards of the Coast já está pensando em 2022!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s