Criando Masmorras Modulares para RPGs Presenciais

Crie suas próprias dungeons para RPGs presenciais!

Publicado por

Crie masmorras modulares para suas sessões presenciais!

Muita gente quer dar um upgrade na sua campanha de RPG usando mapas ou grids, mas o preço dos materiais é um tanto caro para nós que vivemos nesta terra tupiniquim. A Wizards of the Coast até tem um material bem bacana intitulado Dungeon Tiles (que você pode conferir neste link), mas o preço para importar para o Brasil inviabiliza a compra.

Na nossa postagem de hoje, traremos a vocês um super tutorial para vocês criarem suas masmorras para o seu RPG presencial, principalmente para quem não pode arcar com um produto caro!
O resultado final fica muito bom, como você pode ver abaixo!

Criando tiles para dungeons presenciais
Eu achei que o resultado final ficou bacana!

Sem mais delongas, vamos ao tutorial!

Tutorial para criação de masmorras modulares para jogos presenciais

Você precisará de:

  • Uma placa de isopor. Ela deve ter, no mínimo, 15mm (1,5cm) de espessura.
    Nós utilizamos uma placa de 28mm para fazer a nossa masmorra. A placa custou R$ 7,40.
  • Caneta hidrocor preta (também conhecido como canetinha), caneta piloto ou caneta convencional.
  • Estilete ou outro objeto cortante semelhante (para cortar o isopor).
  • Lixa de mão (utilizamos uma lixa de grão 100. Quanto maior o grão da lixa, melhor).
  • Pincel.
  • Régua.
  • Tinta guache ou tinta plástica (das cores que você desejar).

Criando a sua Dungeon

O primeiro passo é pegar sua caneta/canetinha/caneta piloto e desenhar quadrados de 2,5cm com o auxílio de uma régua. Nossa sugestão é fazer pontos em ambas as bordas do isopor com espaçamentos de 2,5cm, para depois traçar as linhas entre os pontos.

Tome cuidado para não danificar o isopor enquanto traçar as linhas. Apoie a caneta/canetinha/caneta piloto na lateral da régua e faça o risco de forma superficial.

Demorou mais de 1hr para traçar as linhas.

Com o estilete, corte o isopor remanescente.

Isopor com grid após remover o isopor que restava.

Ainda com o estilete, faça cortes em todas as linhas já tracejadas. Os cortes não devem ultrapassar mais que a metade da espessura total do isopor, sob risco de danificar a estrutura do isopor, o que irá fragilizá-lo. O corte deve ser feito da mesma forma que se corta um pão. Se você apenas fincar o estilete e arrastá-lo pela linha desenhada, o isopor será danificado internamente.

Não tenho estilete. O que fazer?

Cortar as linhas com o estilete tem como função marcar o grid após você pintá-lo. Mas se você não possui estilete para realizar os cortes superficiais no grid, você pode utilizar tinta guache diluída em água para fazer a pintura.

A tinta guache diluída em água pintará o isopor de forma mais “leve”, mantendo a marca do grid que você fez com a caneta.

Pintura e Cortes

Após terminar de realizar os cortes no grid, está na hora de pintar!

Pegue a tinta guache ou tinta plástica e pinte o isopor com a cor de sua preferência. De acordo com os nossos testes, a pintura com tinta plástica penetra o isopor com facilidade (realizando uma pintura uniforme) e deixa-o mais resistente. Já a tinta guache não é tão eficiente para a pintura em isopor (a pintura não é uniforme, deixa algumas falhas), mas deixa um aspecto mais bonito.

Pintura em tinta guache de cor cinza diluída em água. Note que os riscos do grid são aparentes por conta do corte com estilete.

Se você irá utilizar o grid inteiro, passe para o próximo passo. Mas se irá utilizar o grid em pedaços pequenos (como nós fizemos), deixe o isopor secar e realize os cortes no grid novamente com o estilete. Dessa vez, corte o isopor até que o pedaço cortado se solte do restante do isopor. Novamente, corte o isopor da mesma forma que corta-se um pão: do contrário, danificará o isopor.

Isopor devidamente cortado para simular salas e corredores

Acabamento

Você notará que diversas pequenas bolinhas se soltarão do isopor após cortá-lo. Se você não realizar o acabamento adequado nas placas de grid, essas bolinhas continuarão se soltando conforme você utilizar o grid (principalmente quando houver atrito), danificando o isopor e criando uma bela sujeira. Para evitar isso, é necessário pegar uma lixa de mão e passá-la na lateral do grid, até que ele fique com uma superfície totalmente plana. Quanto maior o grão da lixa, melhor o acabamento.

O resultado final do grid você pode ver na primeira imagem dessa postagem!

Lembrando que os resultados que você irá obter dependerá muito do seu capricho. O nosso grid ficou “ok”, mas poderia ter ficado melhor com cores em degradê, aplicação de sombras, detalhes no chão (como pequenos ossos) e muito mais! A decoração fica a seu critério!

Ao utilizar diversas peças de grid na hora da sua sessão, nossa recomendação é que você una as diferentes placas com um palito de dente exatamente no meio dos isopores. Assim, elas não se afastarão quando houver algum movimento desastrado de seus jogadores!

Gostou do grid? Deu tudo certo ao confeccioná-lo? Deixe sua opinião nos comentários!

E se você gostou, não se esqueça de nos acompanhar em nossas mídias sociais!
Você pode nos acompanhar no Facebook, no Instagram ou no Twitter. Caso você prefira vídeos, você pode nos seguir na Twitch ou no Youtube!

Até a próxima!

Primeiro livro D&D 2022

D&D: primeiro título de 2022 será lançado em janeiro!

The Wild Beyond the Witchlight acabara de ser lançado, mas a Wizards of the Coast já está pensando em 2022!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s