Processo Gale Force 9 versus Wizards of the Coast

D&D: Gale Force 9 e Wizards of the Coast chegam a um acordo

Publicado por

Com isso, as publicações em outros idiomas devem ser retomadas.

As publicações de D&D em português devem ser retomadas em breve. Isso porque a Gale Force 9 (ou GF9) entrou em um acordo com a Wizards of the Coast (WotC) para continuar a publicar os livros de D&D de outros idiomas que não o inglês!

Conforme reportado pelo portal ICv2, a ação movida pela Gale Force 9 foi finalizada após a requisição de ambas as companhias, sem custos ou bonificações para nenhum dos lados. Desta forma, o contrato vigente (que prevê que a Gale Force 9 será a responsável pelas publicações internacionais até o final de 2021) continuará a ser exercido.

As empresas chegaram a um acordo após uma decisão inicial favorável aos magos da costa. Na ação, a GF9 solicitou uma medida provisória para continuar a publicar mesmo com a ação em curso. Segundo o magistrado federal, “a GF9 falhou em demonstrar como a empresa sofreria um prejuízo irreparável caso essa solicitação não fosse atendida”. A corte adotou a recomendação do juiz e recusou a ordem restritiva. Felizmente, o caso foi encerrado antes do julgamento.

O porta-voz da Gale Force 9 informou que “estamos contentes em confirmar que nós chegamos a uma resolução amigável com a Wizards of the Coast. Nossa parceria atual com Dungeons & Dragons irá continuar. Teremos mais notícias em uma data posterior”.

O processo

A Gale Force 9 entrou com o processo judicial após a Wizards of the Coast se recusar a autorizar novas publicações em outros idiomas, mesmo aquelas que já estavam previstas no pipeline de 2020. A ação de não aprovar novos lançamentos impedia que a GF9 usufruísse do contrato estabelecido em sua plenitude.

A Wizards of the Coast desejava encerrar o contrato com a companhia com um ano de antecedência, o que foi prontamente recusado pela subsidiária da Battlefront Miniatures, companhia neozelandense. Após isso, a WotC alegou dois motivos pelos quais a GF9 teria quebrado o acordo de publicação, citando problemas com a ex-distribuidoras francesa e coreana Black Books e TRPG Club, respectivamente.

Você pode entender mais sobre o processo nesta publicação.

Mais um final feliz

A Wizards of the Coast também havia sido processada por Margaret Weis e Tracy Hickman, autores do cenário de Dragonlance. O processo se deu início após os executivos da Wizards of the Coast se recusarem a aprovar quaisquer atualizações da nova trilogia de romances do cenário, colocando o contrato em um “ponto morto” – a empresa não estaria, tecnicamente, quebrando o contrato, mas impedia que os autores se beneficiassem do mesmo. Você pode ler mais sobre o processo em nossa publicação.

Felizmente, ambas as partes entraram em um acordo – e já se tem notícias de que o primeiro livro da trilogia será publicado ainda este ano, pela Del Rey Books (subsidiária da Random House Books).

Publicações mais recentes

Aventura Sundered Waves

Paizo anuncia linha de aventuras one-shot para Pathfinder 2ª Edição e Starfinder!

A Paizo anunciou uma nova linha de produtos para Pathfinder e Starfinder: aventuras One-Shot. A primeira delas, Sundered Waves, está disponível!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s